(48) 9 9999-6561 Whatsapp

Policial comete suicídio após matar a ex-esposa, e filho de 3 anos

01/10/2018 às 09h55 - Atualizado em 01/10/2018 às 09h59

Por Paulinho K

 O policial militar Delmar Camargo de 45 anos, matou a ex-esposa, um filho de 3 anos e após os assassinatos tirou também a própria vida. Os crimes ocorreram por volta das 23h da noite de sexta-feira (28), no bairro Tabuleiro, em Camboriú, no apartamento em que moravam Elenir Teresa Ottowicz, de 42 anos, e Davi Ottowicz Camargo, mãe e filho mortos brutalmente.
Camargo era cabo, lotado em Itajaí e segundo informações do tenente Tiago Ghilardi, do 12ª Batalhão da PM, ele estava em processo de exclusão da Polícia Militar. Um churrasco era realizado no local pelos familiares da ex. O policial chegou a participar da festa, mas diante dos nãos em relação a reatar o relacionamento, gerou tumulto e acabou sendo colocado para fora do churrasco.
Na sequência, o policial teria se exaltado deu dois tiros na porta, invadiu a moradia aplicou uma coronhada na cabeça da ex-mulher, atirou duas vezes contra a cabeça dela. Em seguida foi até o quarto do pequeno Davi disparou também contra a cabeça da criança e em seguida tirou também a própria vida.
Segundo testemunhas as mortes foram efetuadas na frente da mãe, da irmã, de um sobrinho e de outro filho da ex-mulher, de 9 anos. Familiares relataram ainda que as violências domésticas eram recorrentes e que já haviam boletins registrados sobre os casos de agressão por parte do policial.
Um Inquérito Policial Militar (IPM) foi instaurado para apurar o caso, informou a PM.

Policial Militar

Disponível na Appstore Disponível no Google Play

Ouça no seu smartphone

© Copyright 2005-2019 - Rádio Vale - Todos os direitos reservados