(48) 9 9999-6561 Whatsapp

Mulher acusada de matar gestante para roubar bebê, em Canelinha, passará por exame de sanidade mental

21/10/2020 às 10h53 - Atualizado em 21/10/2020 às 11h01

Por Sidnei Miranda

Rozalba Grimm, acusada de matar a jovem Flávia Godinho Mafra, de 24 anos, e roubar o bebê da barriga da vítima em Canelinha, passará por um exame de sanidade mental nesta quinta-feira, 22. O procedimento foi solicitado pela defesa da mulher que segue presa e confessou o crime.

O exame será realizado no Instituto Geral de Perícias (IGP) de Brusque. Inicialmente Rozalba foi e levada para o Presídio Regional de Tijucas, mas foi transferida para Chapecó.

Flávia estava grávida e foi encontrada morta em uma cerâmica desativada no bairro Galera, em Canelinha, na manhã do dia 28 de agosto. Ela foi morta a tijoladas e tinha cortes na barriga provocados por estilete. O bebê foi retirado do ventre da mãe pela criminosa. A perícia indicou que a causa da morte foi o ferimento cortante no abdômen.

Foto: Rádio Canelinha FM

Continue conectado

Facebook Instagram Twitter Youtube

Top 5 - Matérias Mais lidas

Tribuna Esportiva 23/02/2021 25/02/2021 às 16h45
MANOEL SIMAS 24/02/2021 às 14h57
ILÁRIO WIETCOWKY 24/02/2021 às 14h49
Disponível na Appstore Disponível no Google Play

Ouça no seu smartphone

© Copyright 2005-2021 - Rádio Vale - Todos os direitos reservados