(48) 9 9999-6561 Whatsapp

Morre escritora tijuquense Zelândia Ramos dos Anjos, filha da parteira Emília Ramos

21/11/2018 às 08h35 - Atualizado em 21/11/2018 às 08h38

Por Paulinho K

 A escritora tijuquense Zelândia Ramos dos Anjos, de 86 anos, filha de Emilia Ramos entrou em óbito nesta terça-feira (20), em Joinville. Ela era natural de Tijucas e dedicava a sua vida em educação e artes.

A educadora e escritora, mais conhecida como Mila Ramos, perdeu seu pai logo cedo e se mudou para Joinville aos 14 anos. Começou a estudar no colégio São Vicente, atual Santos Anjos, em regime de internato.

Tempo mais tarde se casou com Gercy dos Anjos e teve três filhos, Roberto, Raquel e Rute. Se formou na segunda turma de curso de Universidade da Região de Joinville (Univille), com especialização em Linguística pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), e foi professora de ensino médio em escolas públicas em Joinville e no curso de Letras da Univille. Ela também foi diretora da escola João Martins Veras e inspetora da Secretaria do Estado de Educação.

Aposentada em 1991, ainda foi diretora da Fundação Cultural de Joinville (atual Secretaria de Cultura e Turismo) entre 1993 e 1996. Na época, foi uma das responsáveis pela vinda do Balé Bolshoi de Moscou para apresentação no Festival de Dança de Joinville, em julho de 1996.

Nos últimos anos, ela dedicou-se à literatura. Neste período, lançou os livros Pé de Vento, Sete Sumos, Na Grande Noite dos Girassóis, Terra Nossa de Cada Dia, Em Surdina, Tons e Semitons e Maria Sem-vergonha. Ela também visitava escolas e fazia palestras para crianças e adolescentes.

Foto: Arquivo Pessoal / Divulgação

Disponível na Appstore Disponível no Google Play

Ouça no seu smartphone

© Copyright 2005-2019 - Rádio Vale - Todos os direitos reservados