(48) 9 9999-6561 Whatsapp

Mapa "equivocado" faz dois municípios disputarem bairro na justiça

22/02/2019 às 17h07 - Atualizado em 22/02/2019 às 17h14

Por Paulinho K

 A situação do Bairro Rio do Braço, que faz divisa entre São João Batista e Nova Trento, parece não ter fim.
Um processo que tramita na Justiça desde 2007, tenta reverter a Lei Estadual nº 13.993/2007, que consolidou as divisas municipais entre Nova Trento e São João Batista, o que demarca no mapa o bairro como pertencendo a Nova Trento.
Em um julgamento realizado na tarde desta quinta-feira (21), em Florianópolis, o órgão julgou improcedente o recurso relativo à ação judicial que discute a inconstitucionalidade da lei. Para o prefeito batistense, Daniel Netto Cândido, houve um equívoco na elaboração do mapa e que administração irá recorrer e utilizar de todos os meios legais para reverter a decisão.

 


 
_______
 
“Rio do Braço sempre foi e sempre será de São João Batista. Um equívoco na elaboração de um mapa não apagará a história e o sentimento desta comunidade”.
Daniel Netto Cândido, prefeito de São João Batista
 
_______
 
Netto ainda garantiu que a prefeitura continuará a atender o bairro disponibilizando os serviços que já eram prestados aos cidadãos.  
 
_______
 
“A questão do Rio do Braço é uma polêmica que poderia ser resolvida amigavelmente. De acordo com essa mesma lei, São João Batista teria ficado com parte do bairro Indaiá. Nosso município, no entanto, nunca entrou nesta disputa por entender que é uma situação consolidada há décadas e os vínculos daquela comunidade são com Nova Trento. Respeitamos e respeitaremos sempre a vontade da população daquela comunidade que é pertencer a São João Batista ”,
complementa Daniel.


_______

Foto: Prefeitura de São João Batista

Disponível na Appstore Disponível no Google Play

Ouça no seu smartphone

© Copyright 2005-2019 - Rádio Vale - Todos os direitos reservados