(48) 9 9999-6561 Whatsapp

Há uma semana do início, empresa responsável pela cobrança da Eco TPA de Governador Celso Ramos esclarece detalhes e especulações sobre o tributo ambiental

07/11/2019 às 16h52 - Atualizado em 07/11/2019 às 17h02

Por Sidnei Miranda

Após adiamento, desde 01 de novembro, com a justificativa de dar mais tempo para que os isentos pudessem solicitar o direto de não pagar o novo tributo ambiental, a partir do próximo dia 15, motoristas de veículos com placas de fora do município de Governador Celso Ramos deverão contribuir com a preservação do meio ambiente local.

A Eco TPA (Taxa de Preservação Ambiental), segundo o grupo responsável pelo desenvolvimento e gerenciamento da cobrança, Grupo Inco, terá a única e exclusiva finalidade de fazer com que o município possa manter a qualidade do que tem de melhor a oferecer, suas belezas naturais, assim como já acontece desde 2015 na vizinha, cidade de Bombinhas.

Em entrevista ao Jornal Rádio Vale, um dos diretores técnicos do grupo formado pelas empresas Insight Engenharia e Consultoria, de Blumenau, e Conectius do Brasil, de São Paulo, Dauren Monteiro, destaca alguns detalhes sobre o projeto e desmente especulações sobre vinculação das empresas responsáveis pela cobrança nos municípios catarinenses onde ela acontece.

Ouça os destaques

Disponível na Appstore Disponível no Google Play

Ouça no seu smartphone

© Copyright 2005-2019 - Rádio Vale - Todos os direitos reservados