(48) 9 9999-6561 Whatsapp

Chuvas do fim de semana causam transtornos no Vale do Rio Tijucas

18/01/2021 às 12h47 - Atualizado em 18/01/2021 às 12h54

Por Sidnei Miranda, com informações das Prefeituras do Vale do Rio Tijucas

Força das águas nos rios causou a derrubada de pontes, interrupção no tratamento de água e invadiu casas em localidades do interior 

As chuvas torrenciais registradas no Vale do Rio Tijucas, da noite de sábado, 16, até a madrugada de domingo, 17, causaram transtornos nos municípios da região. 

Em Nova Trento, o prefeito Tiago Dalsasso identificou os pontos mais críticos do município após as chuvas, na manhã de domingo, e assumiu uma operação emergencial de recuperação das estradas.

O primeiro local a receber manutenção foi o bairro do Mato Queimado, com a retirada de uma barreira. Após, a equipe se deslocou para o bairro Baixo Salto, onde com o uso de um motosserra árvores que interrompiam a via foram retiradas.

O prefeito também vistoriou o Condomínio Santa Paulina, no bairro Ponta Fina Sul, atendendo ao pedido dos moradores com a entrega de lonas.

Já na localidade conhecida popularmente conhecido como Lixado, no bairro Ponta Fina Sul, a equipe da prefeitura e moradores realizaram uma grande operação emergencial, com limpeza, aplicação de material com areia para recuperar a via, além do recolhimento dos pertences que os moradores perderam por conta das chuvas.

Foram vistoriados outros locais, como o Instituto Ressoar, o bairro Ribeirão da Velha, além de outras barreiras que foram localizadas, e que receberão reparos durante a semana.

Durante a tarde de domingo, a equipe da Secretaria de Assistência Social entregou cestas básicas através de cadastros, para as oito famílias mais atingidas, que perderam grande parte de seus pertences, no bairro Ponta Fina Sul.

A equipe da secretaria ressalta que estarão recebendo doações durante a semana, principalmente de roupa de cama, toalhas, colchões e móveis pelo Contato (48) 996234061.

Em São João Batista, no total 11 pontes foram danificadas. Duas caíram, uma em Arataca e outra em Canudos, ambas no Distrito de Tigipió. Em outras duas a estrutura da cabeceira cedeu.

?De acordo com o coordenador de Defesa Civil, Ademir José Rover, seis estruturas foram interditadas e as demais precisam de reparos que podem ser feitos pelo poder público. Nenhum morador ficou isolado, destacou Rover.

Nesta segunda-feira, 18, a Defesa Civil municipal terá uma reunião no gabinete para tratar da sequência dos trabalhos.

Em Canelinha o Semais teve que suspender o abastecimento no início da manhã, devido às chuvas, mas o serviço foi gradativamente estabilizado ao longo do dia.

Assim como em Tijucas, onde o Samae também teve que suspender o tratamento da água no início da manhã devido a grande turbidez da água na cachoeira e no Rio Tijucas, onde a água é captada.

Segundo o presidente do Samae, Luiz Rogério da Silva, o abastecimento não precisou ser interrompido, e o tratamento voltou a normalidade ao longo do domingo.

Disponível na Appstore Disponível no Google Play

Ouça no seu smartphone

© Copyright 2005-2021 - Rádio Vale - Todos os direitos reservados