(48) 9 9999-6561 Whatsapp

Celesc segue trabalhando para o restabelecimento da energia, após o vendaval

02/07/2020 às 11h12 - Atualizado em 02/07/2020 às 11h16

Por Sidnei Miranda, com informações da Celesc

Localidades do interior e até da região central de Tijucas seguem sem luz e comunicação.

Há mais de 30 horas, a Celesc vem trabalhando incessantemente para atender as ocorrências decorrentes do ciclone que deixou um rastro de destruição em praticamente todas as regiões de Santa Catarina. Ventos que ultrapassaram 100km/h provocaram danos muito significativos no sistema elétrico do estado. Foi a situação mais grave registrada pela companhia em toda a sua história.

Depois da passagem do ciclone, na noite de terça-feira (30/06), 1,5 milhão de unidades consumidoras (UCs) ficaram sem energia na região de concessão da empresa. Às 18h desta quarta-feira (01/07), aproximadamente 1 milhão de UCs já estavam com a energia restabelecida, graças ao trabalho incansável das 300 equipes, com cerca de 1,3 mil profissionais envolvidos.

Outra consequência do ciclone foi o rompimento do cabo de fibra ótica da Oi, que atingiu o sistema de telecomunicação da empresa e de outras distribuidoras que atendem o Sul do País.

Em Tijucas, ouvintes de várias localidades do interior e até na região central, relataram estar ainda sem energia elétrica e comunicação por telefone (fixo e móvel) e internet, o que prejudica até alguns trabalhadores, como motoristas de aplicativo, autoescolas, entre outros.

Atualmente, o Call Center para emergências da Celesc - 0800 48 0196 - está funcionando, mas devido à alta demanda pode haver atraso no atendimento ou na identificação dos locais com defeito na rede de distribuição. Os consumidores também podem se comunicar com a empresa por meio do site e do aplicativo.

A Celesc continua orientando a população a ficar em casa e não se aproximar de locais próximos da rede elétrica para evitar acidentes.

Disponível na Appstore Disponível no Google Play

Ouça no seu smartphone

© Copyright 2005-2020 - Rádio Vale - Todos os direitos reservados