(48) 9 9999-6561 Whatsapp

Celesc registra novo recorde de demanda de energia elétrica

31/01/2019 às 08h34 - Atualizado em 31/01/2019 às 08h47

Por Paulinho K

 A Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc) informou nesta quarta-feira (30) que registrou um novo recorde de demanda de energia elétrica em toda a rede. Segundo a empresa, por volta das 15h de terça-feira (29), a soma da potência de todos os equipamentos elétricos ligados no Estado atingiu 5.243,23 megawatts (MW).

Esta foi a quinta vez, desde o dia 12 de dezembro de 2018, em que o recorde foi quebrado. Antes dessa data, o último limite de demanda tinha sido registrado no mês de fevereiro de 2017.
O valor de terça-feira é 4,3% maior que o último recorde, registrado no dia 17 deste mês, quando a demanda atingiu 5.030 MW. Conforme a Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), com a diferença de consumo entre os dois recordes seria possível para abastecer a cidade de Florianópolis durante um dia de inverno.

Na terça-feira, a região Sul, como um todo, também quebrou o recorde de demanda, atingindo 18.555 MW, no período, conforme a Celesc. Dessa forma, só Santa Catarina foi responsável por 28% de todo o volume de energia utilizado naquela tarde.

A empresa atribuiu o consumo excessivo de energia ao calor que atinge as cidades catarinenses. A expectativa é de que um novo recorde seja registrado também nas 24 horas entre terça-feira e esta quarta (29).

Recordes de demanda de energia em Santa Catarina
Números mostram a soma da potência de todos os aparelhos elétricos ligados às 15h dos dias em que houve os recordes

https://infogram.com/recordes-de-consumo-de-energia-1hd12y7rywyx2km

Fonte: Celesc

Segundo o engenheiro da Celesc Gustavo Cavalcante, o uso de equipamentos de refrigeração, como geladeiras e aparelhos de ar-condicionado, é o principal fator para aumentar o consumo de energia.

— Uma geladeira precisa ficar ligada mais tempo para manter a temperatura dentro dela — explica.

Bandeira verde
Ainda de acordo com o engenheiro, o consumo excessivo de energia elétrica pode causar aumento nas faturas, nos próximos meses. Isso porque, atualmente, as tarifas estão com a chamada bandeira verde, porque os reservatórios das hidrelétricas que abastecem o país estão com bom nível de estoque de água.

Entretanto, a falta de chuvas pode reduzir o nível das barragens, alterando a bandeira verde para amarela, o que encarece as contas de energia. Caso a situação não se reverta, Cavalcante acredita que pode haver uma mudança tarifária a partir do mês de março.

Blumenau 40°C
?O calor intenso deve permanecer em toda Santa Catarina pelos próximos dias. A previsão é de que os termômetros continuem marcando temperaturas acima dos 30°C, em todas as regiões. Na terça-feira, as maiores temperaturas foram registradas Blumenau, onde os termômetros atingiram 40,1°C.

Com todo esse calor, as chances de tempestades também são altas. A previsão é de que as chuvas possam atingir várias cidades, principalmente no fim das tardes. Os moradores devem ficar atentos ainda às ocorrências de ventos fortes e raios.

Por Samuel Nunes/ Foto: Carlos Junior, Especial

Disponível na Appstore Disponível no Google Play

Ouça no seu smartphone

© Copyright 2005-2019 - Rádio Vale - Todos os direitos reservados