(48) 9 9999-6561 Whatsapp

A Voz do Santuário: Peregrinação Noturna e Carnaval

14/02/2020 às 16h51 - Atualizado em 14/02/2020 às 16h55

Por Sidnei Miranda

Em entrevista ao programa Vale Comunidade, nesta sexta-feira, 14, a diretora do Santuário Santa Paulina, irmã Anna Tomelin, destaca e convida os ouvintes a prestigiarem a Peregrinação Noturna, que acontece na noite de hoje, de uma forma especial. Desta vez não será entorno dos atrativos do Santuário, e sim no Centro de Espiritualidade Imaculada Conceição – Ceic, onde nasceu a congregação das irmãzinhas que até hoje leva este nome.

Na noite do dia 11 para 12 de fevereiro de 1894, após uma fervorosa novena realizada na Capela Nossa de Lourdes, em honra a padroeira da comunidade do Vígolo, em Nova Trento, as amigas Amábile, Virgínia e Teresa partiram rumo ao Centro da cidade onde tomaram posse de uma nova casa, chamada Hospitalzinho São Virgílio. As três fundadoras da congregação mudaram-se para o Centro com o intuito de participar das celebrações da paróquia e ajudar os mais necessitados e doentes. As Irmãs recebiam ajuda dos benfeitores da época, mas a obra só era assegurada com o próprio trabalho na roça, com a confecção de flores artificias e com o trabalho de costura.

A nova residência foi utilizada para receber órfãs, mulheres idosas, deficientes e também abriram uma pequena escola para ensino do catecismo. Entre os fatos mais marcantes que aconteceram no local estão a visita do Bispo Dom José de Camargo Barros, no dia 25 de agosto de 1895, que oficializou a obra de Amábile como Congregação e a eleição de Santa Paulina como Madre Superiora Geral por toda a vida “ad vitam” no dia 1º de fevereiro de 1903.

Atualmente, o Hospitalzinho é conhecido como Casa Mãe ou Casa Relíquia, e está localizado dentro do Ceic.

Ouça

Disponível na Appstore Disponível no Google Play

Ouça no seu smartphone

© Copyright 2005-2020 - Rádio Vale - Todos os direitos reservados